Preço do gás de cozinha sofre aumento e pode custar até R$ 82, na Paraíba, diz sindicato

O preço do gás de cozinha deve sofrer um aumento de até R$ 5, dependendo da modalidade de compra, na Paraíba, de acordo com o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás de Cozinha da Paraíba (Sinregás), Marcos Antônio Bezerra. O produto pode ser encontrado entre R$ 78 e R$ 82 a partir desta segunda-feira (27).

O gás de cozinha residencial (GLP) aumentará 5% nas distribuidoras. Apesar do aumento, a Petrobras informou, na última quarta-feira (22) que no acumulado do ano o produto ainda registra queda de 4,5%, ou R$ 1,26 por botijão de 13 kg.

A Petrobras ressaltou que, desde novembro de 2019, igualou os preços de GLP para os segmentos residencial e industrial/comercial, e que o GLP é vendido pela Petrobras a granel.

“As distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final”, disse a assessoria de imprensa.Essa é a sexta vez que o produto sofre aumento, apenas em 2019. Segundo Marcos Antônio, o valor do produto já subiu, pelo menos, 10 vezes neste ano, mas em algumas delas, a mudança não foi passada para o consumidor final.

Esse é o quarto aumento desde o início do ano, de acordo com o Sindicato dos Revendedores de Gás de Cozinha da Paraíba. Segundo o Sinregás, a soma desses quatro aumentos está deixando o gás de cozinha 20,3% mais caro em relação ao preço que vinha sendo praticado nos primeiros meses do ano. por G1 PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *