Natal dá início à segunda fase da retomada gradual da economia com reabertura de academias

Natal inicia a Fase 2 da retomada das atividades econômicas na cidade nesta terça-feira (14). O novo decreto publicado pela prefeitura no Diário Oficial do Município vai permitir a reabertura, a partir desta terça, de academias que sejam abertas – funcionem sem o uso de ar condicionado.

A segunda fração dessa segunda fase será no dia 21 de julho, quando estarão autorizadas as reaberturas dos centros comerciais e de galerias na capital potiguar – shoppings ainda não estão nesta fase. Ambos também precisam funcionar sem o ar-condicionado e cumprir protocolos sanitários para a prevenção ao contágio pelo novo coronavírus.

Natal iniciou o plano de reabertura das atividades econômicas no dia 30 de junho, cumprindo toda a primeira fase do processo – e suas frações – até esta segunda-feira (13). Parte do comércio reabriu as portas e está funcionando com atendimento presencial, mas com medidas de restrição, como controle de clientes e protocolos sanitários determinados em decreto.

A primeira fração permitiu a reabertura de serviços como salões de beleza, papelarias, bancas de revista, comércio de produtos de climatização, comércio de bicicletas, armarinhos, entre outros. A segunda fração autorizou a reabertura de restaurantes, lanchonetes e food parks, além de outros tipos de comércio (veja aqui).

O novo decreto com essa Fase 2 – que também conta com duas frações – vai valer até o próximo dia 28 de julho, que é quando entra a terceira fase da retomada das atividades econômicas. Na terceira fase, estão previstas as reaberturas de bares e restaurantes maiores que 300m², além de academias e shoppings com ar-condicionado.

Retomada das atividades econômicas no RN

O Governo do RN deve publicar o decreto com a segunda fase, que permite o funcionamento de academias e boxes de crossfit, além de galerias sem ar-condicionado na quarta-feira (15). O prosseguimento da retomada das atividades econômicas do estado está condicionada a diminuição na taxa de ocupação dos leitos críticos e na fila de espera por regulação.

De acordo com o Regula RN, plataforma que monitora ao vivo a situação dos leitos no estado, o Rio Grande do Norte tem 84,9% dos leitos críticos ocupados. A Região Metropolitana tem 85,5%, a Oeste 93,8% e o Seridó 80%. A consulta foi realizada às 20h desta segunda-feira. por G1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *